Mary-Kate & Ashley Olsen

 

ss01-mary-kate-ashley-olsen-birthday-30-fashionto-grandmother-s-house-we-go-1992-stills-mary-kate-and-ashley-olsen-13981083-2560-1682mary-kate-ashley-olsenolsen-outtake-3_165412875506mary_kate_ashley_olsenmary-kate-e-ashley-olsen-02mk-and-ashleyob_c0e7de_ilezwtherow_peterhapak_800x1000screen-shot-2011-08-18-at-10-18-49-amgl_52600390-dfcc-42fd-b611-63020aa613db003mary-kate-ashleytherow_olsen_designs_2015_womenswear_01

As irmãs Olsen já têm 30. Vamos ter um momento de introspecção depois de lermos esta frase.

Isto, na escala de “como desencadear o pânico numa mulher” está mesmo muito rés-vés ao facto da música Wannabe, das Spice Girls, ter 20 anos.

Acho que tive mais contacto com as Olsen Twins no meu dashboard do tumblr do que propriamente através da televisão. As pequenas eram umas marionetas de tv, que diziam disparate atrás de disparate mas tudo o que tem dois tótós (e menos de 15 anos) tem sempre mais piada. E neste caso eram quatro tótós. Uma tremenda avalanche de graça, está visto.

Anyway, as miúdas cortaram relações com Hollywood. Pelo menos, em frente às câmeras. Depois de todos os temas possíveis de adolescentes serem meticulosamente mastigados em filmes de final de tarde, as gaiatas arrecadaram o 37º lugar na Forbes, à frente de muito boa gente.

Chegaram a ser as jovens celebridades mais influentes do mundo. Pois que com isto tudo, podiam muito bem ter adoptado crianças do Cambodja, meterem-se pela ONU adentro e espalhar a paz no mundo. Mas não, e eu percebo. A paz é uma cena pouco segura. (Eu sou da paz, vá, não sejam haters ❤  )

O que é que elas fizeram? Txan txan txantxannnn UMA MARCA! E fizeram elas muito bem, porque é uma marca do caraças, digo-vos eu. Chama-se The Row. É tudo de bom. 

O design do site e a página de instagram é em tudo minimalista, como a própria linha que desenham para a marca. É um conceito que se aproveita pouco do que o corpo feminino tem de voluptuoso. Esqueçam o voluptuoso, a The Row enriquece-vos a classe. É quase a marca mais Digna no que toca a roupa, que conheço. Digna no look e nos materiais. Os tons são básicos e pouco arrojados. Muito nude, muito camel, muito mais do mesmo e eu adoro.

Muita tendência para o Kimono e boyfriend jeans e imagens de modelos pouco convencionais, mais velhas, mais andrógenas, mais classy em tudo.

Vão ver o site http://www.therow.com

Só não lhes compro um casaquinho porque a Madison Avenue é sempre a mesma história para estacionar.

 

S.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s